NESTA SEÇÃO VOCÊ VAI ENCONTRAR NOTICIAS E ARTIGOS SEMPRE ATUALIZADOS SOBRE O MERCADO DE AUTOMAÇÃO PREDIAL E EDIFICIOS INTELIGENTES

 

Santander lança linha para prédio sustentável

O Santander lançou uma linha de financiamento para construtoras e incorporadoras, do tipo Plano Empresário, com vantagens para projetos residenciais que obtiverem certificação de sustentabilidade. Os selos aceitos são o Aqua-HQE, concedido pela Fundação Vanzolini, e o GBC Brasil Condomínio, do Green Building Council (GBC), mesma entidade responsável.

 

Como explica Sandro Gamba, diretor de negócios imobiliários do Santander, as empresas que forem aceitas na linha poderão financiar até 100% dos custos da obra, com liberação dos recursos a partir de 1% de conclusão do projeto. Para empreendimentos sem certificado, o gatilho de liberação é ter 10% da obra pronta.

valor.JPG

Implantando IoT em espaços inteligentes: desafios e práticas recomendadas

Espaços inteligentes podem ser definidos de muitas maneiras diferentes. A Parks Associates define "espaços inteligentes" como locais físicos, equipados com dispositivos em rede e soluções baseadas em sensores, que fornecem dados dos indivíduos sobre os parâmetros da localização e como o espaço está sendo usado. Os "espaços inteligentes" não são somente edifícios, mas podem ser qualquer tipo de localização, incluindo estruturas ou locais ao ar livre.

 

pe-blog.png
linha.png

Nova sede da Nice Brasil apresenta inovação e sustentabilidade

safe_image.jpg

A Nice confiou ao estúdio MC A – Mario Cucinella Architects o projeto e a construção da nova sede brasileira da empresa. Um complexo altamente vanguardista e ecossustentável, com uma grande folha que repousa delicadamente sobre os pilares leves, imagem simbólica que inspira a icônica cobertura do novíssimo complexo industrial da Nice no Brasil. Em 2022, as obras continuam em ritmo acelerado com inauguração prevista para junho.

(Pubicado na revista "Segurança Eletrônica")

 

linha.png

Artigo publicado na revista Potencia - setembro 2021

linha.png

Brasil já é o quinto país no mundo com maior número de construções ESG

 

oesp.jpg

 

 Fonte: O Estado de São Paulo , setembro de 2021
 

Com grande impacto para o meio ambiente, construção civil entrou de vez na onda da sustentabilidade, com técnicas que diminuem o gasto com energia e água, além de utilizarem materiais reciclados

linha.png
LogoPredioEficienteColorSemFundo.png

Eficiência energética e conforto ambiental em edifícios

revista_mundo.jpg

 

A escolha dos materiais da envoltória e os sistemas utilizados deve considerar as condições climáticas e a tipologia da construção para que se garanta um melhor desempenho à edificação

 

Você sabe o que é um prédio eficiente? Eficiência é o poder de ser abrangente. Mas, abrangente em quê? Existem cinco grandes grupos principais de guias internacionais de Construções Sustentáveis, tais como Green Globes, LEED, AQUA, BREAM, PBE EDIFICA entre outros, nos quais define-se um prédio eficiente. São eles: Eficiência da água; Energia e atmosfera; Materiais e recursos; Qualidade de ambiente interior e Materiais e recursos, envoltórias e condicionamento de ar.

Quando se fala de arquitetura, é possível listar uma série de atributos de eficiência do edifício e do ambiente construído. Entre eles, pode-se elencar eficiência energética e conforto ambiental, especificamente adequação térmica, lumínica e acústica do espaço em relação às atividades a serem desenvolvidas em seu interior.

 

linha.png

Tendência da automação em prédios eficientes

 

Buildings-UNFCCC.jpg

 

Por Aurea Vendramin  

A importância da automação e eficiência predial em seu processo de evolução é onde o conceito design detalhado e a automação são reunidos.

 

A grande vantagem da Internet das Coisas é permitir o controle descentralizado de sensores e, para uma edificação ser eficiente, não há nada melhor que um bom controle, logo, é aí que “dá match”, descreve a engenheira Flavia Bartkevicius, entre essas atividades, os sensores que funcionam tanto na rede mundial de computadores quando em redes LPWAN (redes amplas de baixa potência) permitem um melhor controle do consumo de itens essenciais como gás, água e energia.

 

linha.png
iot7.png

Mercado favorável para a Automação Predial

 

condo.jpg

 

Artigo publicado na revista Mundo Elétrico.
 

Flexibilidade e mobilidade são vitais e trazem agilidade à gestão dos edifícios. Um dos efeitos da pandemia será a necessidade de maior controle de uso das edificações, valorizando também o gerenciamento remoto
 

A instalação de sistemas de automação conectados em edificios segue em elevado crescimento

 

 

A empresa analista de IoT Berg Insight disse que há uma nova urgência no mercado devido a fatores como conservação de energia e prioridade para construção verde. 
 

A base instalada de sistemas de automação predial conectados na Europa e América do Norte está prevista para exceder 34 milhões até 2024, conforme novas pesquisas divulgadas.

 

De acordo com a empresa analista de IoT Berg Insight, isso representa uma taxa composta de crescimento (CAGR) de 11,0 por cento. Cerca de 3,2 milhões de sistemas de edifícios conectados foram instalados nas duas regiões em 2019 para atingir um total estimado de 20,5 milhões de sistemas em 2019. Isso inclui sistemas de edifícios que estão conectados à internet e podem enviar dados para uma plataforma de back-office.

 

linha.png

DE 29 DE JUNHO A 2 DE JULHO DE 2022
SÃO PAULO EXPO